A capacidade de influenciar a organização

Temos discutido neste espaço algumas competências que achamos essenciais para um bom gestor de tecnologia da informação. Vamos comentar hoje a importância da capacidade do CIO de influenciar a organização onde atua. Esta é uma questão de muito valor haja vista que será através do poder de influenciar que as pessoas se ligam aos objetivos principais de uma organização. Esta capacidade deve refletir, também, a função do CIO em ser o vetor promotor de tecnologias e inovações. O CIO tem uma visão especial da organização. Tem a responsabilidade e a vantagem de ter um olhar sobre todo o empreendimento, estando assim na posição de poder propor novas oportunidades e novas soluções para os problemas do negócio.

O CIO deve entender que a base do exercício da sua influência é a construção de um conhecimento profundo sobre a sua organização. Alguns autores de administração defendem que o CIO deve conhecer, talvez mais, dos negócios da empresa do que de tecnologia. Evidentemente não pode existir um CIO sem o conhecimento de tecnologia. Feita a base, o CIO deverá criar uma visão que descreva como a tecnologia pode melhorar ou até revolucionar a maneira da sua empresa fazer negócios.

Mas primeiro, é preciso colocar a TI em bases estritamente financeiras. Mesmo antes da crise de 2008, existia nas organizações um sentimento de incerteza decorrente dos altos volumes financeiros investidos em TI. Em função destas incertezas e dos riscos envolvidos um rigor financeiro tem sido exigido nas avaliações. Associado a isto existe também a dificuldade de mensurar as contribuições de TI para a organização, justificando a utilização de controles financeiros. Cabe ao CIO, para superar estes obstáculos, implantar em sua organização uma estrutura enxuta, com processos e gerenciamentos definidos tendo uma base financeira real. Com isto existirá uma gestão financeira da área de TI com capacidade de utilizar métricas como justificativas para os investimentos em tecnologia, podendo medir o valor agregado ao negócio.

Por fim, a capacidade do CIO em influenciar a organização estará também fundamentada na sua capacidade de exercer uma liderança de destaque. O CIO deve entender que liderar não significa gerenciar, é preciso fazer ambos. Liderar significa mudar e influenciar os outros a mudar também. Para fazer isto o CIO deve fazer entender seu ponto de vista sobre como a TI pode tornar o negócio mais eficiente.

Paralelamente o CIO deve identificar os seus principais clientes ou stakeholders, determinando suas necessidades, e quem merece maior atenção, e assim decidir qual é o melhor caminho para satisfazer cada um deles. Para isto o que conta é o grau de conhecimento que a pessoa tem em relação a um assunto e seu nível de relacionamento. Além disso, quem é influente traz para perto de si todas as pessoas, sabe identificar oportunidades, crises, encontra soluções rapidamente e, acima de tudo, sabe ouvir as pessoas.

barra2

Anúncios

Os comentários estão desativados.